Produção de Própolis no apiário: Dicas e Técnicas

Própolis: Técnicas de produção no apiário

Produção de própolis em apiários

A maioria das técnicas utilizadas para produção de própolis e sua coleta em apiários consiste, basicamente, em realizar aberturas na colmeia que resulte na entrada de vento e chuva. Dessa forma, haverá dificuldade de manutenção da temperatura ideal na colônia, além de facilitar a entrada de inimigos naturais. Assim, para a proteção da colônia, as abelhas se empenham na deposição de própolis para o isolamento dessas aberturas, resultado no produto a ser coletado pelo apicultor.

Pré-requisitos da produção de própolis ou mel

Os apiários destinados à produção de própolis devem seguir conceitos adotados quanto à instalação, localização e manutenção daqueles destinados à produção de mel ou de qualquer outro produto apícola.

Obrigatoriamente as colmeias devem ser alojadas em locais com disponibilidade de:

Pasto apícola:

Com uma criteriosa escolha do local, problemas e limitações podem ser evitados. Para se obter o maior rendimento possível nos enxames, o local ideal deve apresentar proximidade e abundancia do pasto apícola, com a menor interrupção de floradas durante o ano. Cuidados como a proximidade e centralização das colmeias com as fontes de néctar devem ser priorizados. Entende-se por pasto apícola em abundância grande quantidade de plantas melíferas da mesma espécie, aliada a diversidade de plantas florescendo na mesma época.

Sombreamento:

Dentre os fatores que contribuem para a baixa produtividade e elevada taxa de abandono de colmeias, destaca-se a falta de sombreamento nos apiários, nos períodos mais quentes do ano. Em sua ausência, é possível utilizar sombreamento artificial com sombrite, por exemplo, nos períodos de maior insolação.

Água:

É essencial para o bom desenvolvimento das colônias. Locais com água parada devem ser evitados, pois podem ser focos de doenças. A fonte não deve estar a uma distância superior a 200m, acima disso ou em épocas de escassez, deve-se instalar bebedouro.

Fácil acesso:

Deve permitir a aproximação de veículos para transportar materiais, colmeias e o escoamento da produção. Além desses cuidados, como medida de segurança, deve-se respeitar no mínimo 400 metros de locais com aglomerações de pessoas e animais (casas, escolas ou estradas). Visando evitar a contaminação da própolis e, também, dos demais produtos das colmeias, além dos próprios enxames.  O apiário deve estar localizado a uma distância mínima de 3 km de locais considerados potencias fontes de contaminação, tais como: aglomeração de indústrias, lixões, estradas movimentas etc.

Própolis: Técnicas de produção no apiário
Própolis: Técnicas de produção no apiário

Técnicas para produção de própolis

Entre as técnicas mais utilizadas para incrementar a produção de própolis destacam-se:

Raspagem de quadros da colmeia:

  • Consiste na colocação de calços sob a tampa da colmeia. Semanalmente ou quinzenalmente, a própolis é coletada mediante a raspagem com formão. A Técninca consiste na inclusão de calços entre as melgueiras, o ninho, o fundo e tampa em torno de 1 cm a 2 cm. Imagem abaixo:
Própolis: Técnicas de produção no apiário
Própolis: Técnicas de produção no apiário

Apesar de simples e de baixo custo, essa técnica apresenta desvantagens como a dificuldade…  Dentre as técnicas mais utilizadas para incrementar a produção de própolis destacam-se:

 Utilização de tela plástica entre a melgueira e a tampa:

  •  Utilização de tela plástica mosquiteira entre a melgueira e a tampa: de coloração verde claro, semelhante à utilizada em residências para evitar a entrada de moscas. Para a produção de própolis, a tela plástica é colocada sob a tampa da colmeia. São fáceis de colocar e retirar, mas possuem a desvantagem de uma maior mistura de cera à própolis.
  • Outra opção seria a compra do material em inox, uma tela construída industrialmente com a mesma finalidade.

Veja a imagem:

 

Em apiários com maior produtividade ou foco comercial mais amplo, destaca-se a a utilização do CPI – Coletor de Própolis Inteligente:

Coletor de Própolis Inteligente (CPI):

Consiste na utilização de uma melgueira com sarrafos laterais móveis, com altura aproximada de 2 cm. O CPI é colocado entre a tampa e o ninho da colmeia. Periodicamente, conforme as abelhas preenchem o espaço vazio com própolis, são retirados sarrafos de ambas as laterais para estimular a produção.

Coletor de Própolis Inteligente – CPI

Publique um artigo no MEL!

Estudiosos, apicultores, cozinheiras de mão cheia e curiosos de plantão, venha fazer parte do Site do Mel!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.