HIDROMEL: Dicas para aprender a fazer hidromel

hidromel-dicas-aprendendo-fazer-receita

Dicas para hidromel

Se essa é a sua primeira vez fazendo hidromel, então isso aqui pode ajudar bastante!

Se você quer pular esta etapa de aprendizado e já ir de vez fazendo Hidromel, acesse RECEITA  de hidromel aqui no site.

hidromel-dicas-aprendendo-fazer-receita

HIDROMEL:
Aprendendo a Fazer

Em pouco tempo o hidromel tem se popularizado. Cada dia surge um novo produtor cheio de dúvidas e sonhos. Uma receita chamada JAOM (Joey Ancient Orange Mead), tem se tornado bastante popular com os iniciantes, por ser simples de ser feita, ter um tempo relativamente curto de produção e usar fermento para pão. Entretanto tal simplicidade tem um alto preço, usar tais ingredientes aliado ao processo simplório, tem como resultado uma bebida de baixa qualidade. Neste artigo pretendo justificar o porque NÃO seguir tal receita a risca.

 

Hidromel – Ingredientes inadequados

Fermento inadequado

Fermento para pão é selecionado para produzir pão. No caso da produção de pães, o que se deseja é uma grande produção de CO2 em um curto intervalo de tempo, o que fará a massa crescer. Fazendo uma rápida analogia, leveduras são como cães. Você pode ter um pastor alemão, eu posso ter uma yorkshire, meu vizinho pode ter um beagle, todos são cães de “raça”, o que significa que sei a procedência deles e sei quais características tem, pelo simples fato de saber a procedência. As leveduras encontradas no pacotinho de fermento para massas em geral, se assemelha a um cachorro vira-lata. Não sei a procedência, portanto, não sei quais características esperar. É tudo cachorro, ops, fermento, tudo irá produzir álcool e CO2 e subprodutos, entretanto, leveduras selecionadas produzem de forma conhecida, sabe-se o que esperar. Enquanto o fermento para pão, se usar 10 vezes o fermento para pão, do mesmo fabricante, nas mesmas condições de temperatura e pressão, poderá obter 10 resultados diferentes. Os subprodutos de leveduras selecionadas são conhecidos, se fermentar 1000 vezes, usando o mesmo mosto, mesmo fermento, e mesma condição de temperatura e pressão, obterá 1000 resultados idênticos.

Uvas passas

Lendo artigos pela internet, não é difícil encontrar casos de contaminação quando se usa uvas passas. Isto significa que 100% das vezes as uvas passas irão contaminar o produto final? Não. A contaminação é algo completamente aleatório, é difícil estimar um número que diga que em X produções com uva passar, N serão contaminadas. No estudo de estatística, seria como analisar os resultados de uma loteria, não existe um padrão possível de prever o futuro. A justificativa para o uso das uvas passas no JAOM, é servir de nutriente para a fermentação. Entretanto, se olharmos com atenção o conceito de nutriente, significa adicionar algo que auxilie a fermentação sem alterar o sabor da bebida. A uva passa tem a capacidade de, mesmo em pequenas quantidades, alterar o sabor. Caso opte por usar uvas passas, recomendo ferver por no mínimo 15 minutos, e lembrar que sua bebida terá sabores que remeteram as uvas. Caso não tenha nutrientes, existem outras alternativas, até mesmo fermentar sem o uso de nutrientes (apenas terá uma fermentação mais demorada).

Hidromel – Receita inadequada

Ausência de controle

Fazer uma bebida alcoólica sem usar densímetro é como dirigir um carro sem medidor de combustível e velocímetro. Não dá para ter certeza quando o carro irá parar por falta de combustível, ou se irá passar em um radar acima do limite de velocidade. Uma solução seria ir pela análise sensorial, o que nem é cogitado na produção do JAOM. Antes de produzir, procure ter em mãos um densímetro e um bom sanitizante. É a melhor forma de garantir que não terá problemas futuros com sua bebida. Se mesmo assim, não tiver densímetro, e decidir fermentar, faça provas regulares e antes de colocar para clarificar, peça alguém mais experiente para dar sua opinião. Existe sempre o risco da fermentação retornar após engarrafada, e carbonatar a bebida, ou pior, explodir a garrafa.

Tempo de fermentação

A escolha de 3 meses como tempo de fermentação, foi escolhida empiricamente, de modo a ser um tempo que com certeza a bebida já terá sido toda fermentada, podendo ser clarificada e futuramente engarrafada, sem que retorne a fermentar. A fermentação apenas acaba, quando a fermentação acaba. O acompanhamento é um passo importante para garantir que a bebida terá o resultado que deseja obter. Neste ponto, conversar com produtores da sua região é uma excelente forma de aprendizado.

Tempo de guarda

Hidromel é uma bebida de guarda. Ela se beneficia muito com o envelhecimento. Entretanto, (sim, hidromel é cheio de detalhes), um prolongado tempo de guarda deve ser feito, se e somente se, a limpeza e sanitização foram impecáveis. Uma contaminação pode não ser perceptível com alguns meses, mas após um ano ou mais de guarda, tem tempo suficiente para se tornar perceptível. Adicionar as uvas passas e as laranjas sem uma prévia sanitização, é um risco. Novamente, minha recomendação é que sanitize tudo cuidadosamente. No caso das uvas passas e das laranjas, algo entre 10 minutos de fervura é suficiente.

Se está pronto para fazer Hidromel, procure por Receita de Hidromel aqui no site.

Fonte: Engenharia da Cerveja

Publique um artigo no MEL!

Estudiosos, apicultores, cozinheiras de mão cheia e curiosos de plantão, venha fazer parte do Site do Mel!

3 comentários em “HIDROMEL: Dicas para aprender a fazer hidromel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.