O que é uma florada? o papel do néctar nos tipos de mel

bisnagas de mel puro

O mel é conhecido pelo seu sabor, cheiro, cor, aroma…não são determinadas apenas por esses elementos, mas sim, pelas 181 substâncias que foram identificadas no mel, algumas substâncias não são encontradas em um lugar qualquer. As propriedades físicas do mel dependem dos seus constituintes, que é o açúcar (principal) e suas fontes vegetais de méis.

A questão “o que é mais doce que o mel?” receberia a resposta literal “alguns outros méis”. Tanto o conteúdo total quanto a composição de açúcar de um mel específico influenciam sua doçura.

Mas Afinal, O que é uma florada?

A florada é  a segmentação do mel por sua origem floral. Onde o néctar e solução/mistura homogênea açucarada, estimule os animais polinizadores (Abelhas de várias espécies) a fazer o mel.

Composição do Mel varia de acordo com o néctar da flor

Os dois açúcares principais do mel são a frutose e glicose, em proporções severamente iguais. A elevada doçura dos méis é em geral, devida a seu alto conteúdo de frutose e muitos méis extra doces contém mais do que a quantidade média de frutose.

Os componentes mais importantes do mel são os açúcares, assim como os compostos mais simples e que não podem ser hidrolisados (Monossacarídeos) que fazem parte de 70% do total. Os Dissacarídeos são como Monossacarídeos que possuem de 3 a 7 carbonos, e que fazem parte em 10% do total, a água que dissolve esses açúcares está presente cerca de 17% a 20%.

TIPOS DE FLORADAS MAIS CONHECIDAS:

  • MEL SILVESTRE
  • MEL DA FLOR DE EUCALIPTO.
  • MEL DE AROEIRA.
  • MEL DA FLOR DE LARANJEIRA.
  • MEL DA FLOR ASSA-PEIXE.
  • MEL DA FLOR CIPÓ-UVA.
  • MEL DE BRACATINGA.
  • MEL DA UVA DO JAPÃO.
  • O Mel pode ser ainda POLIFLORA, que significa que tem 2 ou mais floradas predeminantes.

Publique um artigo no MEL!

Estudiosos, apicultores, cozinheiras de mão cheia e curiosos de plantão, venha fazer parte do Site do Mel!